quarta-feira, 23 de julho de 2014

Tombo:L


Documentos dos Templários Portugueses
guardados na Torre do Tombo


Janeiro de 1212

Carta de compra da herdade dos Palaios, junto a Soure, feita pela Ordem do Templo a Mendo Pais e Maria Pais 

terça-feira, 15 de julho de 2014

umbilicus sanguine





"Quão fundo me deixarão penetrar nos segredos do Arquivo?
Poderei mergulhar no tempo até onde a memória se junta ao mito?
Talvez...

Cada palavra destes escritos é um fantasma do passado que me assalta a alma, criando ligações com outros escritos de outras eras.
Até onde poderei ir?

Vejamos este aqui...

Braga... a velha Braga dos Bragões celtas.
Não te bastou terra Lusa.
Tua gesta sedente de horizontes, partiu e fundou Bargónia.
Invisível, o cordão umbilical.
Braga-Borgonha.
Borgonha-Braga...
Diz-se que o bom filho à casa torna.

E este...

Afonso Henriques.
Filho de Henrique.
Vida efémera que a morte mascarou de ...Moniz.
Irmão que a Ordem fez proclamar Rei, do cimo do seu Signum.
Chamemos-lhe apenas de Afonso, o primeiro de Portugal.
Reino bastardo? Não. Henriques e Moniz são filhos da mesma gesta.

...

E este aqui, que nos concede a terça parte da conquista do Sul.
A terça parte duma grandeza que nos iria dispersar.
Recusámos.
E com El-Rei, em Nisa, fizemos nascer Avis, filha do Templo.
E com ela fizemos a ponte para o Reino do Sul.
Onde ainda somos.

Ah, o Arquivo do Templo...

Tão pouco partilhado e sempre, sempre oculto por necessário, pois quanta treva nos tem dado o mundo.
Luz e treva. Treva e Luz.
Quanta Luz nos deu Alexandre!
Quanta Luz lhe juntou a Lusitânia...

Unindo tudo, o invisível umbilicus sanguine.
Re-velando mistérios esquecidos."

Frei Manuel F.B.
Cronista da Ordem

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Tombo:XLIX


Documentos dos Templários Portugueses
guardados na Torre do Tombo.


12 de Março de 1211

Carta de doação feita por Fernando Sanches à Ordem do Templo,
de metade de Vila Franca da Cardosa (Castelo Branco)
e seus termos com todas as igrejas e direitos.