terça-feira, 14 de abril de 2015

Tombo:LXII


Documentos dos Templários Portugueses
guardados na Torre do Tombo



Setembro de 1221

Carta de doação feita por Pedro Gomes à Ordem do Templo,
de toda a sua herança em Valadares.

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Silêncios



Intriga-te o silêncio, irmão?
Não te regules no tempo como os demais.
Não te superaste já?
Não és tu um Cavaleiro do Templo?

Quando nele te recolhes, tudo pára à tua volta.
Talvez seja isso a que chamas de silêncio.
Como o quantificas?
Mede-lo em unidades de tempo?

Isso são coisas mundanas. Ignora-as.
Sabes bem que para lá delas,
aquilo a que chamas de tempo
e que usas para medir silêncios, não existe!

Pelas regras da matéria e não do Espírito,
o silêncio pode ser um curto e surdo intervalo
entre duas batidas do coração.
No teu, ele é dificilmente perceptível.
No do Templo, será dolorosamente infinito.

Agora, se para ti o tempo não existe,
porque te há-de intrigar o silêncio?

Aproveita e escuta-o...